Simpósio

Simpósio: O ENTRELAÇAR DE DIÁLOGOS, PERSPECTIVAS E IMAGINÁRIO A PARTIR DAS OBRAS DE TEOLINDA GERSÃO

Marcio Jean Fialho de Sousa – Doutor, Unimontes

Irene Izilda da Silva- Mestre

Rosilene Aparecida Fróes Santos – Mestre

RESUMO: Teolinda Gersão, escritora portuguesa contemporânea, com obras traduzidas em 20 países, sendo algumas delas transpostas para as artes dramáticas e já encenadas, tornou-se objeto de estudos em diversas linguagens. Nilma Lacerda, ao prefaciar Alice e outras mulheres (2020), apresenta a essência da escrita de Teolinda dizendo que “[…] esta autora corajosa e sensível perpassa personagens e História, linguagem e estruturas, para dar a ler as singularidades que puder abarcar”. Com sua maestria, a autora em questão constrói narrativas que instigam o leitor, por meio de estratégias narrativas, que aproximam a ficção à essência humana; os seus romances poéticos possibilitam a construção de sentidos sobre si, sobre o outro e sobre a humanidade. Nesse sentido, junto ao Grupo de Pesquisa Teolinda Gersão, da Unimontes, este simpósio propõe uma reflexão acerca do contexto de vivências a partir das obras de Teolinda Gersão, dialogando com diferentes linguagens, constituindo um novo olhar na Literatura Portuguesa, perpassando, porém, os diferentes continentes presentes nas obras. Pretende-se, neste simpósio, abrir espaços de discussões acerca da literatura produzida por Teolinda Gersão e sua relação com diversos temas, entre eles: memória, feminismo, mito, constituição de si e territórios, bem como as relações que podem ser estabelecidas entre a literatura produzida por Gersão, outras literaturas e outras artes. Dessa forma, serão bem-vindos a esse simpósio os trabalhos que tenham a preocupação de entrelaçar as múltiplas perspectivas que circundam as vozes, os espaços e o imaginário abarcados nas obras de Teolinda Gersão.

Palavras-chave: Teolinda Gersão. Diálogos literários. Literaturas.

Ordem de apresentação:

10/05

15h30min: APONTAMENTOS SOBRE A MULHER NA SOCIEDADE PATRIARCAL E MACHISTA NO CONTO ALICE IN THUNDERLAND DE TEOLINDA GERSÃO

15h50min: TERRAS OUTRAS, CAMINHOS BIFURCADOS: A SOCIEDADE COLONIAL MOÇAMBICANA EM A ÁRVORE DAS PALAVRAS, DE TEOLINDA GERSÃO

11/05

15h30min: PINTURA: PROTAGONISTA “CLANDESTINA” EM A CIDADE DE ULISSES, DE TEOLINDA GERSÃO

15h50min: O MEU SEMELHANTE: UMA ANÁLISE DA REIFICAÇÃO DA VIDA PRODUZIDA PELO CAPITALISMO

12/05

15h30min: CONTO “AS LARANJAS” DE TEOLINDA GERSÃO: ENTRELAÇANDO FICÇÃO E REALIDADE

15h50min: “DIÁLOGOS SOBRE O VELHO E A VELHICE: ASPECTOS CULTURAIS E AFRODESCENDENTES A PARTIR DE TEOLINDA GERSÃO”

13/05

15h30min: AS VIAGENS E O AUTO-OLHAR DO VIAJANTE: A FUGA E O ENCONTRO CONSIGO EM TEOLINDA GERSÃO

14/05

15h30min: O OLHAR QUE (RE)CRIA: DIÁLOGOS ENTRE O PINTOR PAUL CÉZANNE E A PERSONAGEM PAULO VAZ, DE A CIDADE DE ULISSES, DE TEOLINDA GERSÃO