Minicursos

Minicurso: TORNANDO-SE O PODEROSO CHEFÃO: UMA PROPOSTA TRANSMÍDIA DE ANÁLISE DO GAME THE GODFATHER E A OBRA LITERÁRIA HOMÔNIMA

Yan Masetto Nicolai – Mestre, UFSCar

O presente minicurso tem como objetivo analisar o processo de transcriação (TÁPIA, NÓBREGA, 2013) entre o game de Playstation2 The Godfather (2002) a partir de uma perspectiva transmídia aos moldes de Jenkins (2009) e também Ryan (1991; 2013), que trabalha com a transficcionalidade e a questão de mundos possíveis. Para que seja possível executar tal análise, observar-se-á cenas do enredo da obra literária presentes no game consideradas capitais para o desdobramento da trama: (a) o atentado contra Vito Corleone; (b) o assassinato de Sony Corleone; (c) o assassinato executado por Michael Corleone no restaurante; (d) a ascensão de Michael Corleone a Don Corleone. Estas cenas são relevantes para o estudo, pois, quando o protagonista no game perpassa por estes momentos como um elemento “extra” ao que a ficção literária constrói, fica a dúvida se existe, de fato, por parte do jogador uma participação ficcional, ou apenas é uma transcriação que mantém o enredo mais fiel ao romance de Mario Puzzo sem ser afetado pela jogatina – isto é, a agentividade do jogador/protagonista não afeta o cerne da obra game. Outro game será utilizado como termo de comparação – The Lord of the Rings: The Third Age (2004), também de Playstation2, da mesma produtora e distribuidora que The Godfather (2002). Este termo de comparação será interessante, já que a ampliação do universo de Tolkien se dá ainda mais visivelmente, com interpelações de personagens da literatura tolkeniana em meio ao game e sua jogabilidade, além dos traços atinentes ao processo de transcriação obra-game.